O METADOCUMENTÁRIO PELA LENTE DA TEORIA ENATIVA

  • Luciana Kraemer da Silva

Resumo

Este artigo analisa uma produção documental de formato metalinguístico na perspectiva da enação – em especial da cognição social. O texto está baseado em duas proposições: a primeira é de que o metadocumentário visibiliza o processo cognitivo como um saber não individualizado de quem o produz, ao mesmo tempo que incorporado e autopoiético; a segunda, levando em conta o conceito de produção participativa de sentido​,​ é que a ação meta amplia domínios cognitivos tanto para quem produz como para quem assiste ao documentário. As proposições teóricas foram analisadas tendo como objeto empírico ​um metadocumentário.

Publicado
10-09-2019